segunda-feira, 11 de maio de 2009

A política do bota-acima

Em entrevista ao i do passado sábado, a Dra. Manuela Ferreira Leite demonstra que sabe estar na oposição com uma atitude construtiva e faz o seguinte elogio ao governo:


“Não condeno tudo, evidentemente. Na vida nunca se condena tudo. Acho que a reforma que foi feita na Segurança Social, por exemplo, poderia ter ido mais longe – como todas as coisas podem ir mais longe – mas não condeno uma reforma que contribuiu para a sustentabilidade da Segurança Social. Embora tenha fortes dúvidas de que a política que está a ser seguida no combate à crise não esteja a deteriorar o equilíbrio da Segurança Social que foi feito à custa de uma reforma que considero correcta.”

Duas coisas ficam provadas:

1ª Ao contrário do que afirma Sócrates, O PSD não tem apenas o discurso do bota-abaixo nem da crítica fácil. Virá agora acusar o PSD do discurso do bota-acima?

2ª Perdoem-me a presunção, mas é caso para dizer que de algum modo existe uma sintonia entre o Grupo da Boavista e o PSD; aconteceu em primeiro lugar com a aprovação da proposta de penalização fiscal agravada. E acontece agora de novo com a reforma da Segurança Social, numa opinião há meses atrás defendida por um dos seus membros.

2 comentários:

  1. Sempre preferi a política do "bota" (abaixo ou acima) à política do "desbota"...

    ResponderEliminar